Criança sabe disso – o ano de pensar!

Logo na primeira semana do ano, ao fazer uma leitura rotineira de uma revista, me deparei com um texto sob medida para um novo começo de ano.

Lya Luft escreveu precisamente de que deveria se tratar a essência de 2010: pensar. “Em mim, na vida, nos outros, no mundo, em mil coisas ou numa coisa só – que seja realmente importante. Pensar para ser uma pessoa mais decente; pensar para amar mais e melhor, começando por mim mesmo; pensar para votar com mais lucidez; pensar no que de verdade eu quero, se é que eu quero alguma coisa – ou sou do tipo que se deixa levar por desânimo, preguiça ou desencanto?”

Já completamente tomada por suas palavras e cheia dos tais pensamentos ela emendou mais uma sequência de tirar o fôlego. Segundo a autora, o que existe não é o real, mas sim o que vemos dele, por isso acredita que, dentro de um limite, podemos inventar o nosso mundo. “Pensar simplesmente para criar meu mundo particular, não num ataque de loucura, mas de criatividade”.

Quando eu achava que não dava mais para ficar enaltecida com o que lia, Luft simplesmente, e muito compreensivelmente, exemplificou.“Basta ver como pensam as crianças, ainda livres das nossas inibições. ‘Fadas e anjos existem, não é?’, pergunta uma delas. Respondo honestamente: ‘Para quem acredita, existem”.

Palavras podem fazer diferença, ainda mais nas épocas em que mais nos questionamos. Deixo, para finalizar esse texto, o trecho final dessa que é com certeza a melhor e mais refletida mensagem de começo de ano escrita! “Sei que todos algum dia acordamos com a senhora desilusão sentada na beira da cama. Mas a gente vai à luta e inventa um novo sonho, uma esperança, mesmo recauchutada: vale tudo menos chorar tempo demais. Pois sempre há coisas boas para pensar. Algumas se realizam. Criança sabe disso. Feliz 2010”.

(Fonte: Veja – ed.2146 – ano 43 – 6 de jan. de 2010)

Autor: @AnaVictorazzi

PMO | Marketing Manager | Content and Communication Specialist | Mãe do Preguiça, do Soneca e da Carpet, dois gatinhos resgatados e um idosa ceguinha adotada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.