Eventos de relacionamento ajudam na construção de redes de alto valor – Por José Jarbas

Qualquer pessoa que busque “eventos de networking” no Google não encontrará dados numéricos que dimensionem o quanto esta tática de relações públicas é difundida em quase todas (se não todas) as culturas mundo afora. Eu pelo menos não achei nada expressivo. O que impressiona, entretanto, é a quantidade de artigos, textos e informações que dão dicas sobre como ser bem sucedido em eventos desta natureza, desde regras do que não fazer a detalhes importantes para garantir a organização de um evento memorável.

social-networking

Fato é que ainda que o ambiente digital tenha aproximado pessoas de diversos lugares do mundo, e possibilitado que interesseiros e interessados se encontrem em conversas, cursos e encontros para os mais diferentes fins, eventos presenciais ainda são extremamente importantes tanto para quem está começando quanto para quem já surfou diversas ondas on e offline.

Construir uma rede de contatos profissionais é um dos recursos mais importantes que uma pessoa pode desenvolver. Claro que, hoje em dia, sistemas como o LinkedIn nos ajudam a organizar, gerenciar e armazenar tudo o que antes ficava guardado em porta cartões, mas para quem não sabe usufruir das redes sociais, o incrível LinkedIn acaba não sendo mais do que um banco de dados. Networking, como qualquer negócio, deve ser orgânico, vivo e dinâmico; deve constituir alianças estratégicas em um fluxo contínuo e bidirecional. Algumas consultorias consideram que networkings sejam redes de apoio, eu as considero redes de alto valor.

science-of-networking

Antes declarado pejorativo, o QI (quem indica) é hoje tão bem-visto dentro das empresas, que muitas estão dando prioridade às recomendações dos seus funcionários, oferecendo, inclusive, bônus àqueles que fizerem indicações bem-sucedidas. Entre colegas de faculdade e pós-graduação, membros de grupos de estudos e amigos de infância, muitas recomendações são fruto de eventos de relacionamento. E exatamente por isso as organizações incentivam que seus colaboradores participem de encontros de networking, uma prática que além de ajudar a empresa a crescer, faz com que todos saiam ganhando.

A disponibilidade de tempo, entretanto, é um fator impeditivo para muitos profissionais. Exatamente por isso, dentre as modalidades de eventos de networking a que mais tem crescido é o meet up, encontros informais que são praxe no Vale do Silício, por exemplo. Há, inclusive, uma rede social homônima com o mesmo intuito: estimular e revitalizar o encontro de pessoas e/ou grupos em torno de um assunto comum.

Ainda que muitos dos grupos e encontros promovidos na rede social ainda sejam atividades locais, alguns, como o Social Day, possibilitam que pessoas de outras cidades ou mesmo países participem ativamente da discussão por meio da exibição livestream ou hangouts, como está previsto para a edição deste ano do evento.

Independentemente da plataforma utilizada, a possibilidade de compartilhar conhecimento e criar um novo círculo de potenciais amigos, clientes, funcionários ou parceiros de negócios é imensa. Afinal, tal como ocorre em ambientes digitais, relacionamentos estratégicos se tornaram a base do sucesso dos negócios. E o debate, um dos verdadeiros propulsores da inovação e da criação de valor, deve ser sempre estimulado por meio dessas redes, fomentado dentro de cada grupo.

Anúncios

Autor: @AnaVictorazzi

PMO | Marketing Manager | Content and Communication Specialist | Mãe do Preguiça e do Soneca, dois gatinhos resgatados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.